Matéria destaca agenda positiva de Afif

9 de Março de 2015
Tamanho da fonte Zoom in Regular Zoom out

guilhermafifdomingos-foto-elzafiuza-agencia-brasilEm entrevista exclusiva ao site Fato Online, o ministro Guilherme Afif fala sobre a agenda positiva da desburocratização e as vitórias obtidas até o momento, como a aprovação da nova Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, e o fechamento automático de empresas de todos os portes, que reduziu o tempo médio de 83 para 5 dias. A matéria destaca os próximos passos de Afif para facilitar a abertura de empresas nos próximos meses e melhorar a classificação do Brasil no Banco Mundial entre os países empreendedores.

Na entrevista Afif também nega que tenha pretensões de concorrer a algum cargo político. “Não estou preocupado se estou atendendo partido A ou B porque eu tenho interesse de me acertar com eles. Trabalho para todos. Você trabalhar para o todo dá uma liberdade extraordinária, de relacionamento, de poder entrar no Congresso e as pessoas saberem que você não está fazendo algo que possa concorrer com ele”, declarou.

O Fato Online também falou sobre a tentativa da SMPE de incluir mais empresas no Supersimples com a elevação do teto de receita anual. “Estamos em reunião para chegar a um entendimento. Depois disso, mandaremos esse entendimento como acordo do governo para se fazer um substitutivo em plenário”, explicou o ministro.

Sobre o programa Bem Mais Simples Brasil, Afif explicou que a meta da pasta, agora, é fazer com que o projeto de registro e número único aplicado às empresas  seja levado também aos cidadãos. As informações, como dados biográficos (nascimento, casamento, separação, morte) e biométricos (impressão digital e íris dos olhos), além de atributos como o Certificado de Reservista, Comprovante de quitação eleitoral, também estejam centralizadas em um portal. “É uma unificação da identificação do cidadão, para nunca mais, nenhum servidor pedir ao cidadão uma informação que o Estado já dispõe: isso é a desburocratização. E a economia que o sistema de identificação biométrica traz, ao evitar fraudes, é astronômica”, disse Afif.

Deixe um comentário!