Empresária aprova baixa simplificada de empresas

26 de Fevereiro de 2015
Tamanho da fonte Zoom in Regular Zoom out

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERADISTRITO FEDERAL – A empresária brasiliense Tais Berti é uma das primeiras no País a utilizar o novo sistema de baixa simplificada de empresas que o governo federal está implantando. Para ela, a rapidez do processo foi uma grande surpresa.

“Sempre escutei que para abrir uma empresa era mais fácil do que para fechar, que demorava mais de um ano por causa de tanta burocracia. Realmente, eu me surpreendi com a rapidez, que não foi nada do que ouvi a vida inteira. Estava receosa, achando que ia ter problemas. Mas não tive”, conta.

Taís é proprietária de uma loja de sapatos e acessórios femininos. Recentemente, ela fechou uma das filiais em um shopping de Brasília. Foi quando procurou saber sobre o novo sistema de baixa automática, em funcionamento na capital federal desde outubro do ano passado.

O encerramento de firmas na hora se tornou possível graças à Lei 147/14 e à extinção de exigência de certidões negativas para concluir a baixa do CNPJ. De acordo com as novas regras, qualquer débito ligado ao CNPJ é transferido automaticamente para os CPFs dos responsáveis pela empresa.

Fonte: Blog do Planalto

Deixe um comentário!