Entrevistas RSS

“Acelerem os pequenos, esqueçam os grandes, agora”

18 de dezembro de 2013

Em entrevista ao BRASIL ECONÔMICO, o ministro Guilherme Afif disse que as principais metas da Secretaria da Micro e Pequena Empresa são fazer com que os governos cumpram a legislação que diferencia o tratamento ao pequeno empreendedor e a criação do portal SIM, que irá simplificar vários trâmites burocráticos e permitir a redução de 150 para cinco dias o tempo médio de abertura e fechamento de empresas no Brasil.

O foco é reduzir burocracia, diz Afif

3 de setembro de 2013

Em entrevista ao “Bom Dia Rio Grande” da RBS TV, o ministro Guilherme Afif avisa que mudanças estruturais estão por vir no combate à burocracia. Fala também sobre a criação do projeto de simplificação do registro de empresas e negócio; explica a ideia do governo federal de abrir linhas de crédito de investimento para pequenos empreendedores e comenta como deve funcionar o Simples Internacional, programa que estimula os pequenos negócios a trabalhar com exportações.

Ministro promete “simplificar o Simples”

1 de setembro de 2013

Em entrevista a Thiago Vilarins, da Sucursal de Brasília de O LIBERAL, o ministro Guilherme Afif prometeu, em um ano, facilitar o Simples Nacional, reduzir a burocracia e, acima de tudo, acabar com o complexo processo de abertura e fechamento de empresas no Brasil. O principal instrumento dessa mudança é, segundo ele, o portal Redesim: “nós vamos fazer um sistema absolutamente integrado de forma digital, para que o cidadão do Brasil inteiro possa abrir uma empresa e licenciá-la praticamente na hora”.

A missão da Secretaria é simplificar sempre, diz Afif

15 de julho de 2013

Nesta entrevista, concedida a 15 rádios do País e transmitida pela NBR, um dos arquitetos do regime de tributação Simples, do MEI e do Estatuto da Micro Empresa, Guilherme Afif, fala sobre seus planos à frente da nova pasta criada pela presidente Dilma Rousseff. Para o ministro, a missão da secretaria é simplificar sempre. “O maior inimigo do empreendedor é a burocracia, que é paralisante”, afirma o ministro.

Luta pela desburocratização do país

10 de julho de 2013

Falando ao Correio Braziliense, o ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif, classifica as recentes manifestações como uma febre, sintoma de uma doença, que ele acredita ter como origem a concentração da arrecadação na União e a execução de serviços nos estados e municípios. “Estamos jogando aspirina e adiando o processo das mudanças que todo mundo já sabe que precisam ser feitas. Existe uma agenda da mudança, mas ninguém consegue fazer”. Ele garante que, na sua área, algo será feito para baixar a febre. Leia a entrevista.

Página 9 de 24