Tag: candidato.

Tamanho da fonte Zoom in Regular Zoom out

A batalha pela Presidência

16 de Fevereiro de 2012

Um dos momentos marcantes na vida de Afif foi a eleição de 1989. Candidato à Presidência da República, destacou-se por seu pioneirismo e pela defesa de bandeiras de repercussão nacional. Seu desempenho virou notícia. Afif surpreendeu o Brasil e foi um dos concorrentes mais votados do país, à frente de fortes candidatos. Com o slogan “Juntos chegaremos lá”, lembrado até hoje, empolgou os brasileiros e entrou para o cenário nacional, passando a ser reconhecido por suas propostas, coerência e determinação. A campanha confirmou sua vocação de fazer da política um instrumento para concretizar ideias.

“Luta contra imposto começa a dar voto no Brasil”

19 de outubro de 2006

FOLHA DE S. PAULO (SP) – A bandeira da redução da carga tributária já começa a influenciar as eleições no Brasil, a exemplo do que acontece em outros países do mundo. “A sociedade já está tomando consciência dessa questão”, diz Guilherme Afif, candidato ao Senado pelo PFL de São Paulo.

Aliança por São Paulo

20 de setembro de 1990

No jornal O Estado de S.Paulo, Guilherme Afif apresenta suas propostas para o Senado e fala da aliança entre o PMDB, PFL e PL. Segundo ele, o seu projeto político é forjado na bandeira do desenvolvimento com liberdade, que rejeita a recessão e o desemprego, condena a violência cometida contra a instituição da caderneta de poupança e quer dar sua contribuição para que a atual crise seja superada. Afif afirma também querer aprimorar a legislação que beneficia e assegura tratamento diferente para as micro e pequenas empresas.

Efeito bola-de-neve

4 de outubro de 1989

ISTO É/SENHOR (São Paulo-SP) – A candidatura de Guilherme Afif (PL) à presidência da República tem crescido acima das expectativas e já ameaça Fernando Collor. Preocupado o candidato do PRN iniciou uma reação imediata para voltar a liderar com folga as pesquisas eleitorais. Enquanto isso, o crescimento de Afif segue, segundo ele, de “forma lenta, segura e gradual”.

O Fator Afif

27 de setembro de 1989

VEJA– Veja destaca, em matéria de capa, a ascensão de Guilherme Afif na campanha eleitoral de 1989, que desponta como candidato preferido da classe média para a Presidência da República. Empolgando o eleitorado e surpreendendo os adversários, o candidato do PL entra na reta final da campanha brigando na terceira posição. Segundo a revista semanal, o salto de Afif pode anunciar a aparição do primeiro anti-Collor da campanha presidencial.

Na trilha de JK

17 de Janeiro de 1989

AFINAL (São Paulo-SP) – O candidato à Presidência da República Guilherme Afif Domingos (PL-SP) foi destaque de capa da edição da Revista Afinal, de 17 de janeiro de 1989. Em entrevista, Afif revelou algumas propostas de sua gestão caso fosse eleito, dando ênfase, principalmente, ao desenvolvimento econômico e ao fortalecimento do setor agrícola do país.

Na marra a Constituição não sai

1 de Março de 1988

Em entrevista à revista Senhor, o deputado Guilherme Afif falou da Assembleia Constituinte e de seus avanços e polêmicas, além de analisar os políticos que possivelmente serão candidatos nas eleições à Presidência da República. Em 1986, quando concorreu a deputado federal pelo PL (SP), obteve uma expressiva votação: mais de 500 mil votos. Nesse encontro com o editor José Carlos Bardawil, Afif sinalizou que poderá ser o candidato do seu partido nessa disputa. Leia.

Os alertas de um liberal

27 de julho de 1987

REVISTA ATO (Mogi das Cruzes-SP) – A revista Ato, de Mogi das Cruzes (SP), destaca o surgimento do jovem político Guilherme Afif no cenário brasileiro. O deputado federal paulista é a favor de um social-liberalismo com propostas que têm o apoio dos empresários de todo o país. Em entrevista, Afif criticou o Plano Cruzado e o Governo José Sarney por desorganizar toda a economia nacional.

Afif preparado para a Convenção do PDS

19 de dezembro de 1981

O DIÁRIO (Ribeirão Preto-SP) – Em viagem a Ribeirão Preto, o secretário Guilherme Afif disse que está preparado para a convenção do PDS que escolherá o candidato a governador de São Paulo para as eleições de 1982. Afif afirmou que não se lançou candidato, mas a base do interior quer sua candidatura.