Matérias RSS

Governo propõe criar documento único

27 de Fevereiro de 2015

A Folha de S.Paulo publica notícia sobre o Programa Bem Mais Simples Brasil, que visa eliminar burocracia na gestão pública. Dentre as ações está a unificação dos dados de certidão de nascimento, identidade, CPF, habilitação, título de eleitor, passaporte e carteira de trabalho, entre outros documentos. Segundo o ministro Guilherme Afif, o brasileiro tem em média 20 documentos de identificação para exercer seus direitos e deveres. “Esse trabalho será para os próximos três anos”, disse Afif.

Governo lança sistema para fechar empresa em um dia

26 de Fevereiro de 2015

Os empreendedores brasileiros terão a partir de hoje menos burocracia para abrir e fechar empresas. É o que informa a Folha de S.Paulo ao noticiar o lançamento pelo governo federal do Programa Bem Mais Simples Brasil. O modelo permitirá o encerramento de negócio em um único balcão sem necessidade de apresentar certidões.

Governo anuncia hoje minipacote para MPEs

26 de Fevereiro de 2015

O jornal O Estado de S.Paulo informa que o governo federal lança o Programa ‘Bem Mais Simples’ com o objetivo de desburocratizar as atividades dos micro e pequenos empreendedores. Segundo o ministro Guilherme Afif, o encerramento de uma empresa acontecerá no momento em que este for solicitado à Junta Comercial, que pode ser pela internet.

Novas regras de impostos para MPEs são discutidas

23 de Fevereiro de 2015

Os ministros da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif e da Fazenda, Joaquim Levy, discutiram propostas para alterações no sistema de tributação e fiscalização das micro e pequenas empresas. Afif informou que as mudanças são para que as empresas que estão no Simples que tiverem faturamento acima do teto não sejam penalizadas pelo seu crescimento.

O embaixador da classe batalhadora

21 de Fevereiro de 2015

A revista IstoÉ Dinheiro publicou uma matéria sobre o ministro Guilherme Afif. “Ao contrário de ministros que entram no primeiro escalão do governo ávidos por ampliar os recursos para seus setores, Afif chegou com uma postura diferente. Prometeu que a sua pasta, a 39a criada, seria ‘um ministério do verbo e não da verba’. E cumpriu”, diz a revista. Leia a matéria na íntegra:

Página 9 de 39