Entrevistas RSS

Afif diz que irá se exonerar se for preciso

10 de maio de 2013

Em entrevista ao G1, Guilherme Afif falou sobre o ministério da Micro e Pequena Empresa, a relação com Alckmin e o apoio a Dilma. O vice-governador deu entrevista em seu gabinete no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. Ao comentar a nova função e o grande volume de atividades com que está envolvido desde a posse, se mostrou animado. Como ministro, promete investir na “desburocratização” para incentivar o registro de micro e pequenas empresas.

‘Eu não sirvo a dois senhores, sirvo a uma causa’

9 de maio de 2013

Guilherme Afif afirmou ao G1 que “um vice não se licencia” e negou que partido passou a integrar base do governo. “Eu não sirvo a dois senhores, eu sirvo a uma causa que os dois senhores concordam”, disse em referência ao governador de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin, e à presidente Dilma Rousseff, do PT. Ela deu posse na manhã desta quinta-feira a Afif para chefiar a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, que terá status de ministério, o 39º do governo.

A renúncia é um ato muito grave, diz Afif

9 de maio de 2013

No site de VEJA: nomeado novo ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, o vice-governador de SP Guilherme Afif diz que ‘Dilma pensa como ele’ e que vice é ‘cargo stand by’. “Sou construtor de pontes”, diz. Para ele, renunciar ao posto no Palácio dos Bandeirantes seria o equivalente a uma cassação, já que foi eleito para o cargo. “Isso tudo é da guerra política do PT com o PSDB, mas eu não estou em guerra com ninguém.”

“Hipótese de renúncia está descartada”, diz Afif

9 de maio de 2013

O jornal O Estado de S. Paulo publica entrevista com o ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif, que fala de seus planos para o ministério. Definindo-se como uma escolha pessoal da presidente, afirma que o seu partido, o PSD, tem uma tendência de apoiar Dilma em 2014. Ele classificou ainda como “política” a polêmica sobre o acúmulo do cargo de ministro e vice-governador do Estado. Afirmou que aceitou o convite por ser este o tema de sua vida.

“O primeiro passo é dar um fim na burocracia”

9 de maio de 2013

Em entrevista ao Brasil Econômico, Guilherme Afif revela que vai abrir mão do salário de vice no governo paulista, e que o seu ministério não será um órgão de distribuição de verbas, mas sim de coordenação de políticas públicas voltadas para os pequenos empresários, facilitando o acesso das micro e pequenas empresas aos projetos federais. Segundo Afif, o principal desafio de sua pasta será desburocratizar a vida dos micro-empreendedores.

Página 10 de 24