Artigos RSS

Por conta própria

13 de maio de 2013

“Foi pensando na classe batalhadora que aceitei, com muita honra, o convite da presidenta Dilma Rousseff para ocupar o cargo de ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Nessa missão, continuarei a minha luta de mais de 30 anos pelo pequeno empreendedor. Chegou a hora de o Brasil consolidar o tratamento à pequena empresa. Essa é uma causa social, muito maior do que o debate em torno de cargos e partidos políticos”. Leia artigo de Guilherme Afif na Folha de S.Paulo.

O espírito empreendedor do jovem brasileiro

18 de abril de 2013

O Brasil é um dos países com maior taxa de criação de empresas entre todas as nações avaliadas pela mais recente pesquisa GEM – Global Entrepreneurship Monitor, de 2012. Chama a atenção o fato de que grande parte dos novos empreendedores brasileiros é jovem, o que reforça a importância cada vez maior para o desenvolvimento econômico e social do país do jovem empreendedor.

Novo pacto federativo: chega de fazer mais com menos

20 de março de 2013

Pacto federativo é a forma como os recursos públicos são distribuídos entre União, Estados e municípios para a execução de serviços. Para Afif, essa distribuição, hoje, é distorcida. A União fica com grande parte do dinheiro, e sobra pouco para Estados e municípios cumprirem suas funções previstas em lei. “Precisamos aperfeiçoar esse instrumento, cobrando dos governantes e parlamentares uma distribuição mais justa do dinheiro público para melhorar a qualidade de vida da população”.

PPP turbinada para desatar os nós do Brasil

1 de março de 2013

O vice-governador Guilherme Afif apresenta as estratégias necessárias para a implantação de PPPs estruturadas e com retorno, que ajudem o Brasil a desatar os nós da infraestrutura. “A lei nos obriga a fazer o pior pelo melhor preço e isso tem trazido um grande embaraço para o processo de investimentos, principalmente de infraestrutura. Precisamos identificar oportunidades e descomplicar esses processos para poder deslanchar”, afirma.

PPP: remédio para o “pibinho”

20 de fevereiro de 2013

Neste artigo, o vice-governador fala sobre o “Pibinho”, e aponta as PPPs como o caminho para que o estado e o Brasil cresçam. “Ninguém aguenta mais as lamúrias por conta do baixo crescimento do PIB em 2012. A verdade é que a economia brasileira varia de humor: em um momento está eufórica; em outro, em declínio. E ao invés de se lamentar essa situação, é necessário encontrar um tratamento, um antídoto para este quadro, usando-se a criatividade”, disse Guilherme Afif.

Página 4 de 29