Artigos RSS

O contribuinte como refém

16 de novembro de 2005

No Jornal da Tarde, o presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) Guilherme Afif defende a regulamentação do direito de greve dos servidores federais. “É passada a hora de se regulamentar a questão do direito de greve de servidores que exercem funções de Estado, a fim de proteger a população.”

Estimular o empreendedorismo

27 de outubro de 2005

Em artigo, o presidente da ACSP, Guilherme Afif, fala sobre o ambiente de negócios no Brasil. “Além da segurança quanto à propriedade e os contratos, é fundamental que as regras que regulam o dia a dia da atividade empresarial, desde à constituição de uma empresa até seu fechamento, sejam simples, claras e estáveis, não representando obstáculo ao pleno desenvolvimento dos negócios, facilitando a inovação e a expansão dos empreendimentos.”

Consumidores, contribuintes e cidadãos

19 de outubro de 2005

A carga tributária brasileira é o tema desse artigo do presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP), Guilherme Afif. Ele fala como o excesso de impostos afetam empresas de todos os portes e consumidores, e quais são os projetos da ACSP e da FACESP para revelar a estes últimos que eles não são “súditos”.

Não à empulhação!

17 de outubro de 2005

Em artigo no Diário de São Paulo, o presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP) Guilherme Afif comenta o referendo do desarmamento e revela qual será seu voto.

A superburocracia da Receita

13 de outubro de 2005

Em artigo na Revista Empresa Brasil, da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB), o presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) Guilherme Afif defende a criação, com urgência, de uma supersecretaria da despesa que se destine a cortar e racionalizar os gastos do governo. “No caso da MP 258, infelizmente prevaleceu o autoritarismo que tem caracterizado a atuação do governo na área fiscal”.

Página 15 de 30